Por falta de pagamento, Exército ameaça parar operação carro pipa em 116 municípios do RN.


A operação carro pipa, coordenada pelo Exército, com orçamento do Ministério da Integração Nacional do Governo Federal, e responsável pelo abastecimento de 116 municípios do Rio Grande do Norte, vai ser paralisada a partir do próximo dia 31 de janeiro. A reclação é falta de pagamento.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (29) pela Federação dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (FEMURN).

A entidade publicou matéria no site oficial comunicando que a coordenação do programa estaria informando aos municípios que, por falta de recursos do Governo Federal, não mais abastecerá as comunidades atendidades pela iniciativa.

Segundo a Femurn, o presidente da entidade, prefeito Francisco José Júnior, recebeu com muita preocupação a notícia e iniciou uma mobilização na manhã desta quinta, junto aos órgãos responsáveis e a bancada federal do Estado, para reverter esse quadro e manter o programa funcionando, principalmente pelo período da seca extrema que se mantém no interior do Estado.

Ainda de acordo com a Federação, 525 carros pipa realizam o trabalho de abastecimento destas comunidades distribuídas nos 116 municípios mais sofridos com a seca. Diante disso, o presidente da Femurn já teria entrado em contato com a senadora eleita Fátima Bezerra, que já teria se prontificado a apoiar a causa, e também com o comando do Exército responsável pelo programa no Estado. 

 

Desenvolvido por Gilberto Designer