Professor compra celular e chip por somente R$ 1 na PB e caso vai parar na delegacia.

Com apenas R$ 4 no bolso, o professor Aurélio Damião estava disposto a comprar quatro celulares e quatro chips. Havia visto a promoção escrita em um cartaz, em uma das lojas de Guarabira, no Brejo da Paraíba. A compra, todavia, virou caso de polícia. A informação no cartaz estava errada. A loja pretendia, na verdade, vender o chip a R$ 1, desde que o cliente comprasse um celular.
O código de defesa de consumidor deixa claro que o consumidor tem direito a comprar o produto pelo preço anunciado, mas a gerência da loja sugeriu que o professor era um ‘aproveitador’. O consumidor chamou a Polícia.
Após o impasse, a loja ‘permitiu’ que o professor levasse apenas um celular e um chip e não os quatro que pretendia comprar. O anúncio tinha a seguinte frase: “Oferta Imperdível, Chip Vivo R$ 1,00 com aparelho!”. O professor acredita que houve propaganda enganosa e a pendenga deverá ser encaminhada ao Juizado de Pequenas Causas.
MaisPB

 

Desenvolvido por Gilberto Designer