Quem dá mais na disputa pela presidência da Femurn.

Do blog da Thaisa Galvão:

Faltam 9 dias para a eleição da Femurn – Federaçãp dos Municípios do Rio Grande do Norte.
Na disputa, o atual presidente, Benes Leocádio, do PMDB do deputado Henrique Alves, e Francisco José Júnior, do PSD do governador Robinson Faria.
Benes, prefeito de Lajes.
Francisco José, de Mossoró.
Antes do nome do prefeito de Mossoró, outro nome estava para se lançar: o do prefeito de Assu, Ivan Júnior, do PROS.
Porém, sem um apoio forte, como o de um governador, por exemplo, Ivan viu sua pretensão se desmilinguir.
Ou foi convencido pelo próprio PMDB que apoiou no primeiro turno.
Sem governo e sem Câmara, o deputado Henrique Alves precisa manter o apoio de prefeitos do PMDB para voltar ao parlamento daqui a 4 anos.
A Femurn é um bom caminho.
Henrique sabe que em quatro anos será difícil segurar prefeitos, ainda mais não dispondo de um mandato.
Vai lutar contra um governador, que em começo de gestão, todo mundo sabe que todo mundo sabe, tem um chama danado para prefeitos.
E são esses prefeitos que sempre tiveram a mão de Henrique em Brasília, mas que daqui a 25 dias não terá mais mandato, que vão votar na eleição da Femurn.
Benes se sente fortalecido pelo PMDB que tem 60 prefeitos, pelo PR do deputado João Maia…e pelo PSB de Wilma de Faria?
Henrique não tem mandato, João Maia também não, e Wilma é vice-prefeita da capital, não tem o que oferecer a Prefeituras do interior.
E Benes tem o que para garantir aos prefeitos eleitores?
Francisco José Júnior vai garantir aos prefeitos a boa relação com o governo do Estado.
Vai garantir a porta aberta do Ministério das Cidades, ocupado pelo presidente do seu partido, Gilberto Kassab.
Só são 9 dias para o nó ser desenrolado.
Até lá, muitas linhas cruzadas de Oi, Tim, Vivo, Claro…
Resta saber se a votação é secreta, porque se for…
Preciso dizer mais nada.

 

Desenvolvido por Gilberto Designer