LUÍS GOMES À DERIVA



Luís Gomes está à deriva, como uma embarcação perdida no mar férvido, em que o comandante não sabe onde está nem para onde vai. A cidade vive uma grande aventura com riscos e desafios que poderiam ser vencidos por uma mão firme e determinada ao leme.

Anteriormente, já havia alertado para essa premissa: a liderança é que indica o caminho, sem liderança não há rota, não há rumo, não há avanço, não há perspectivas. Sem líder (es) perde-se a bússola norteadora.
É uma sensação que os sensatos não podem negar. Encalhados estamos, sabe-se lá com quantos furos na embarcação. E por que estamos assim? Talvez por sucessivos erros de gestão. Talvez pela falta de planejamento efetivo no município. Talvez pela constante prático do imediatismo...

Falta um plano de desenvolvimento. O que temos em Luís Gomes é um plano de poder. Isso mesmo! O importante é satisfazer colaboradores políticos e econômicos. E quando se pensa nas pessoas o plano é “vamos ver”, “vamos pensar”, “talvez seja possível”, “arranjaremos um jeito”. Não há plano social, não há plano de desenvolvimento, não há plano para sair da crise, ao contrário. Daqui a pouco, se já não gritaram, ouviremos a expressão “todos ao mar”! Até que não seria tão ruim com o calor e falta de água com a qual convivemos.

A Câmara de Vereadores também tem grande parcela de responsabilidade sobre o que acontece no município, ou melhor, com o que não se faz em benefício da população. O poder legislativo local tem sido menosprezado pelo executivo e ainda assim, em sua maioria, apoia ou se cala diante dos atropelos e deslizes da gestão.
Em Luís Gomes não há governança nem governabilidade, por falta de trabalho, resultados, diálogo das forças políticas... A impressão que dá é que ainda faltam dois intermináveis anos de gestão do atual prefeito e de sua comitiva ‘nepótica’.

A verdade é que Luís Gomes estacionou. Quem sabe náufragos... Com a grave situação política, econômica e cultural do município até as pedras deveriam falar, mas o povo prefere ficar quieto, esperando que o barco afunde de vez. 

 

Desenvolvido por Gilberto Designer